O Agente de Desenvolvimento do Município de Guanambi Bahia, participou do III Encontro Nacional dos Agentes de Desenvolvimento (ENAD).

Mais de mil pessoas participaram da abertura do III Encontro Nacional dos Agentes de Desenvolvimento (Enad), o encontro aconteceu no auditório do Sheraton Reserva do Paiva, em Cabo de Santo Agostinho (PE). O evento foi realizado pelo Sebrae em parceria com a Confederação Nacional dos Municípios (CNM). Estiveram presentes os presidentes do Sebrae Nacional, Luiz Barretto, e do Conselho Deliberativo do Sebrae em Pernambuco, Pio Guerra, a secretária de Desenvolvimento Territorial do Ministério do Desenvolvimento Agrário, Andréa Buttô, entre outras autoridades.

A missão dos cerca de mil agentes de desenvolvimento de todas as unidades da federação presentes foi discutir estratégias de desenvolvimento local, com protagonismo dos pequenos negócios, que atuam nas prefeituras para articular o cumprimento da Lei Geral da Micro e Pequena Empresa para o desenvolvimento de seus municípios.

Na ocasião, Luiz Barretto destacou o papel do agente de desenvolvimento no município, que visa gerar oportunidades e criar uma dinâmica econômica mais efetiva. “Nosso papel é fazer com que os empreendedores locais tenham uma relação com as prefeituras e com as grandes empresas, para que se possa gerar emprego e renda. Não acredito que o Brasil se desenvolva sem pensar no conjunto do seu território e nas micro e pequenas empresas”, destacou.

Representante da CNM e prefeito de Cumaru (PE), Eduardo Tabosa Junior reafirmou o compromisso da instituição diante da parceria que mantém com o Sebrae para incentivar a melhoria do ambiente de negócios para as micro e pequenas empresas a partir das ações promovidas pelos agentes de desenvolvimento.

Durante o evento, foi lançado o livro Territórios da Cidadania – Riquezas de um Novo Brasil pelo presidente do Sebrae. A publicação apresenta um balanço das iniciativas realizada em 1.635 municípios, que proporcionaram inclusão produtiva e dinamizaram a economia local com foco nos pequenos negócios e no fortalecimento do capital humano e social. São casos concretos de transformação de empresários e de como a instituição contribuiu para a formalização de mais de 1,8 milhões de negócios nessas localidades desde 2008.

Em palestra, o diretor-técnico do Sebrae, Carlos Alberto dos Santos, discorreu sobre a importância do empreendedorismo para o crescimento econômico e social, destacando que as políticas públicas precisam estar próximas às necessidades da população para reduzir as disparidades. “Desenvolvimento se faz para as pessoas, para que elas vivam melhor do que seus pais e avós. É preciso gerar renda”.

“O Encontro expressa um papel importante na implementação de estratégias de desenvolvimento que integrem oportunidades econômicas, geração de emprego e renda, o principal objetivo foi facilitar o diálogo, promover políticas públicas no desenvolvimento local, juntar representantes, trocar experiências e/ou compartilhando novos conhecimentos adquiridos, a partir das práticas existentes, a melhoria constante das condições de vida das pessoas, se faz nos territórios, o que reforça a importância do agente de desenvolvimento” enfatizou o Agente de Desenvolvimento Paulo Ricardo A. C. Boa Sorte.

ENAD III

Anúncios
por Secretaria Municipal de Indústria e Comércio de Guanambi Postado em Releases