Fomenta capacita empresários e gestores públicos de Guanambi e região

Este slideshow necessita de JavaScript.

O evento aproximou os donos de pequenos negócios dos compradores governamentais e mostrou as vantagens da Lei Geral da Micro e Pequena Empresa nesse tipo de transação.

Vendendo produtos lácteos para o governo do Estado há um ano e para a prefeitura de Guanambi há cerca de 10 anos, o presidente da Cooperativa Agropecuária de Guanambi (Coopag), Giovani Teixeira, garante que não é difícil realizar negócios com órgão públicos. “Basta organizar corretamente a documentação e ter qualidade, quantidade e uma boa logística para fazer as entregas”, explica. Com o objetivo de aproximar os donos de pequenos negócios dos compradores governamentais, o Sebrae, a Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) e a prefeitura de Guanambi realizaram, nos dias 19 e 20 de novembro, o Fomenta Sertão Produtivo.

Segundo a coordenadora da Unidade Regional do Sebrae Vitória da Conquista, Norma Oliveira, a maioria dos pequenos negócios deixa de vender para a administração pública por desconhecer as regras e o processo de compras governamentais. Com isso, ficam a margem de um mercado que movimenta quase R$ 300 bilhões de reais por ano, englobando as aquisições dos governos federal, estaduais e municipais. “Dessa forma, o Fomenta é um importante evento, porque visa aproximar os pequenos negócios e compradores públicos com o objetivo de aumentar a participação das Micro e Pequenas Empresas nas compras governamentais”.

A palestra de abertura do evento, realizada pela coordenadora geral de licitações da secretaria de administração do estado da Bahia, Maria Eduarda Cunha, apresentou as “Compras governamentais como oportunidade de negócio e instrumento de promoção do desenvolvimento local”. Maria Eduarda explicou que, com a aprovação da Lei Geral da Micro e Pequena Empresa, os pequenos negócios brasileiros passaram a ter direito a tratamento diferenciado e simplificado nas compras governamentais. “Isso promoveu o desenvolvimento local e a ampliação da competitividade por meio do aumento da participação das micro e pequenas empresas nas contas públicas”, completa.

Segundo ela, são os pequenos negócios que fazem o Brasil crescer, pois eles são 99% do total de empresas formalizadas no Brasil. “As micro e pequenas empresas são responsáveis por 52% dos empregos formais do país e 70% dos empregos criados em 2012” revela. A palestrante ressaltou ainda que os órgãos públicos são os maiores compradores do país, sendo que o governo federal costuma gastar em compras públicas cerca de R$ 50 bilhões de reais por ano, enquanto que o governo do estado da Bahia, R$ 4 bilhões. “O empresário que se capacitar e organizar ganha três clientes, os governos municipal, estadual e federal” completa.

O empresário Roberto Donato, que trabalha com construção civil, se animou com as possibilidades de negócios. “Agora é buscar conhecer mais sobre licitação para estar apto para fornecer serviços para os órgãos públicos”, conta.

O analista da Unidade de Políticas Públicas do Sebrae Bahia, Murilo Nunes, conta que o Fomenta busca, também, mostrar oportunidades de negócios para o Microempreendedor Individual e proprietários de Micros e Pequenas Empresas. “Além de mostrar aos órgãos públicos como contribuir para fomentar a economia local e, assim, aumentar a participação dos pequenos negócios nas contas públicas”, completa.

“Com o Fomenta os empresários ficam mais preparadas para participarem de licitações, fazendo com que os recursos permaneçam no município, contribuindo com a economia local” explica a técnica do Sebrae da Unidade Regional Vitória da Conquista, Josinete Viana.

O prefeito de Guanambi, Charles Fernandes, conta que a prefeitura é o maior comprador do município. “Por isso, precisamos que os empresários conheçam como funciona o processo de contratação de serviços” completa.
Para a presidente da CDL, Alvisa Prates, o evento contribuiu para preparar os empresários para as vendas para órgãos públicos.

O evento também atraiu representantes de prefeituras de outros municípios, como Vitória da Conquista, distante cerca de 266 km de Guanambi. A pregoeira municipal, Ana Marta Borges, conta que aprovou o evento e pensa na possibilidade de levá-lo para Vitória da Conquista.

São parceiros do Fomenta Sertão Produtivo o Conselho de Desenvolvimento do Território, a Amavale e o Governo da Bahia.

Anúncios
por Secretaria Municipal de Indústria e Comércio de Guanambi Postado em Releases

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s