Fomenta Sertão Produtivo é destaque no Portal do Desenvolvimento

Fomenta estimula bom uso das compras públicas em Guanambi/BA e região

Fomenta Sertão Produtivo aproxima pequenos negócios e compradores governamentais (Foto: Laiana Menezes/Agência Sebrae)

Fomenta Sertão Produtivo aproxima pequenos negócios e compradores governamentais (Foto: Laiana Menezes/Agência Sebrae)

Laiana Menezes/Agência Sebrae

Vendendo produtos lácteos para o governo da Bahia há um ano e para a prefeitura de Guanambi (BA) há cerca de 10 anos, o presidente da Cooperativa Agropecuária de Guanambi (Coopag), Giovani Teixeira, garante que não é difícil realizar negócios com órgão públicos. “Basta organizar corretamente a documentação e ter qualidade, quantidade e uma boa logística para fazer as entregas”, explica. Com o objetivo de aproximar os donos de pequenos negócios dos compradores governamentais, o Sebrae, a Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) e a prefeitura de Guanambi realizaram, nos dias 19 e 20 de novembro, o Fomenta Sertão Produtivo.

Segundo a coordenadora da Unidade Regional do Sebrae Vitória da Conquista, Norma Oliveira, a maioria dos pequenos negócios deixa de vender para a administração pública por desconhecer as regras e o processo de compras governamentais. Com isso, ficam a margem de um mercado que movimenta quase R$ 300 bilhões de reais por ano, englobando as aquisições dos governos federal, estaduais e municipais. “Dessa forma, o Fomenta é um importante evento, porque visa aproximar os pequenos negócios e compradores públicos com o objetivo de aumentar a participação das Micro e Pequenas Empresas nas compras governamentais”.

A palestra de abertura do evento, realizada pela coordenadora geral de licitações da secretaria de administração do Estado da Bahia, Maria Eduarda Cunha, apresentou as “Compras governamentais como oportunidade de negócio e instrumento de promoção do desenvolvimento local”. Maria Eduarda explicou que, com a aprovação da Lei Geral da Micro e Pequena Empresa, os pequenos negócios brasileiros passaram a ter direito a tratamento diferenciado e simplificado nas compras governamentais. “Isso promoveu o desenvolvimento local e a ampliação da competitividade por meio do aumento da participação das micro e pequenas empresas nas contas públicas”, completa.

Segundo ela, são os pequenos negócios que fazem o Brasil crescer, pois eles são 99% do total de empresas formalizadas no Brasil. “As micro e pequenas empresas são responsáveis por 52% dos empregos formais do país e 70% dos empregos criados em 2012” revela. A palestrante ressaltou ainda que os órgãos públicos são os maiores compradores do país, sendo que o governo federal costuma gastar em compras públicas cerca de R$ 50 bilhões de reais por ano, enquanto que o governo do estado da Bahia, R$ 4 bilhões. “O empresário que se capacitar e organizar ganha três clientes, os governos municipal, estadual e federal” completa.

O empresário Roberto Donato, que trabalha com construção civil, se animou com as possibilidades de negócios. “Agora é buscar conhecer mais sobre licitação para estar apto para fornecer serviços para os órgãos públicos”, conta.

Fomenta Sertão Produtivo

Analista da Unidade de Políticas Públicas do Sebrae Bahia, Murilo Nunes conta que o Fomenta busca, também, mostrar oportunidades de negócios para o Microempreendedor Individual e proprietários de Micros e Pequenas Empresas. “Além de mostrar aos órgãos públicos como contribuir para fomentar a economia local e, assim, aumentar a participação dos pequenos negócios nas contas públicas”, completa.

“Com o Fomenta os empresários ficam mais preparadas para participarem de licitações, fazendo com que os recursos permaneçam no município, contribuindo com a economia local” explica a técnica do Sebrae da Unidade Regional Vitória da Conquista, Josinete Viana.

O prefeito de Guanambi, Charles Fernandes, conta que a prefeitura é o maior comprador do município. “Por isso, precisamos que os empresários conheçam como funciona o processo de contratação de serviços” completa.

Para a presidente da CDL, Alvisa Prates, o evento contribuiu para preparar os empresários para as vendas para órgãos públicos.

O evento também atraiu representantes de prefeituras de outros municípios, como Vitória da Conquista, distante cerca de 266 km de Guanambi. A pregoeira municipal, Ana Marta Borges, conta que aprovou o evento e pensa na possibilidade de levá-lo para Vitória da Conquista.

São parceiros do Fomenta Sertão Produtivo o Conselho de Desenvolvimento do Território, a Amavale e o Governo da Bahia.

Publicado por Lotus Comunicação em 26/11/2013

Anúncios
por Secretaria Municipal de Indústria e Comércio de Guanambi Postado em Releases

Fomenta capacita empresários e gestores públicos de Guanambi e região

Este slideshow necessita de JavaScript.

O evento aproximou os donos de pequenos negócios dos compradores governamentais e mostrou as vantagens da Lei Geral da Micro e Pequena Empresa nesse tipo de transação.

Vendendo produtos lácteos para o governo do Estado há um ano e para a prefeitura de Guanambi há cerca de 10 anos, o presidente da Cooperativa Agropecuária de Guanambi (Coopag), Giovani Teixeira, garante que não é difícil realizar negócios com órgão públicos. “Basta organizar corretamente a documentação e ter qualidade, quantidade e uma boa logística para fazer as entregas”, explica. Com o objetivo de aproximar os donos de pequenos negócios dos compradores governamentais, o Sebrae, a Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) e a prefeitura de Guanambi realizaram, nos dias 19 e 20 de novembro, o Fomenta Sertão Produtivo.

Segundo a coordenadora da Unidade Regional do Sebrae Vitória da Conquista, Norma Oliveira, a maioria dos pequenos negócios deixa de vender para a administração pública por desconhecer as regras e o processo de compras governamentais. Com isso, ficam a margem de um mercado que movimenta quase R$ 300 bilhões de reais por ano, englobando as aquisições dos governos federal, estaduais e municipais. “Dessa forma, o Fomenta é um importante evento, porque visa aproximar os pequenos negócios e compradores públicos com o objetivo de aumentar a participação das Micro e Pequenas Empresas nas compras governamentais”.

A palestra de abertura do evento, realizada pela coordenadora geral de licitações da secretaria de administração do estado da Bahia, Maria Eduarda Cunha, apresentou as “Compras governamentais como oportunidade de negócio e instrumento de promoção do desenvolvimento local”. Maria Eduarda explicou que, com a aprovação da Lei Geral da Micro e Pequena Empresa, os pequenos negócios brasileiros passaram a ter direito a tratamento diferenciado e simplificado nas compras governamentais. “Isso promoveu o desenvolvimento local e a ampliação da competitividade por meio do aumento da participação das micro e pequenas empresas nas contas públicas”, completa.

Segundo ela, são os pequenos negócios que fazem o Brasil crescer, pois eles são 99% do total de empresas formalizadas no Brasil. “As micro e pequenas empresas são responsáveis por 52% dos empregos formais do país e 70% dos empregos criados em 2012” revela. A palestrante ressaltou ainda que os órgãos públicos são os maiores compradores do país, sendo que o governo federal costuma gastar em compras públicas cerca de R$ 50 bilhões de reais por ano, enquanto que o governo do estado da Bahia, R$ 4 bilhões. “O empresário que se capacitar e organizar ganha três clientes, os governos municipal, estadual e federal” completa.

O empresário Roberto Donato, que trabalha com construção civil, se animou com as possibilidades de negócios. “Agora é buscar conhecer mais sobre licitação para estar apto para fornecer serviços para os órgãos públicos”, conta.

O analista da Unidade de Políticas Públicas do Sebrae Bahia, Murilo Nunes, conta que o Fomenta busca, também, mostrar oportunidades de negócios para o Microempreendedor Individual e proprietários de Micros e Pequenas Empresas. “Além de mostrar aos órgãos públicos como contribuir para fomentar a economia local e, assim, aumentar a participação dos pequenos negócios nas contas públicas”, completa.

“Com o Fomenta os empresários ficam mais preparadas para participarem de licitações, fazendo com que os recursos permaneçam no município, contribuindo com a economia local” explica a técnica do Sebrae da Unidade Regional Vitória da Conquista, Josinete Viana.

O prefeito de Guanambi, Charles Fernandes, conta que a prefeitura é o maior comprador do município. “Por isso, precisamos que os empresários conheçam como funciona o processo de contratação de serviços” completa.
Para a presidente da CDL, Alvisa Prates, o evento contribuiu para preparar os empresários para as vendas para órgãos públicos.

O evento também atraiu representantes de prefeituras de outros municípios, como Vitória da Conquista, distante cerca de 266 km de Guanambi. A pregoeira municipal, Ana Marta Borges, conta que aprovou o evento e pensa na possibilidade de levá-lo para Vitória da Conquista.

São parceiros do Fomenta Sertão Produtivo o Conselho de Desenvolvimento do Território, a Amavale e o Governo da Bahia.

por Secretaria Municipal de Indústria e Comércio de Guanambi Postado em Releases

Prefeitura de Guanambi é destaque no II Fórum Mundial de Desenvolvimento Econômico Local

A Secretaria de Indústria e Comércio de Guanambi participou como convidada do II Fórum Mundial de Desenvolvimento Econômico Local, que aconteceu entre os dias 29 de Outubro a 01 de Novembro na cidade de Foz do Iguaçú – PR.

O principal objetivo do II Fórum Mundial de Desenvolvimento Econômico Local foi o de facilitar o diálogo e o intercâmbio entre atores locais, nacionais e internacionais sobre a eficácia e impacto do desenvolvimento econômico local perante os grandes desafios da nossa época, a partir das práticas existentes.

O Prof. Fabrício Lopes da Secretaria de Indústria e Comércio apresentou a temática; Guanambi, Cidade empreendedora!! Onde expôs as políticas públicas estruturantes trabalhadas pela secretaria na parte de qualificação, capacitação e fomento ao desenvolvimento local, que foram aprovadas e convidadas para o diálogo e debate durante o evento. De acordo com Fabrício Lopes “esse evento é de extrema importância para o desenvolvimento local e a cidade de Guanambi foi convidada para apresentar os seus programas para um público técnico e internacional, o que vem a destacar a importante condução que vem sendo realizado pelo Prefeito Charles Fernandes em apoiar o fomento às empresas em Guanambi”.

O evento apresentou trabalhos de todo o mundo e a cidade de Guanambi, foi a única do Estado da Bahia a participar como referência em Gestão Pública Municipal de apoio ao Desenvolvimento Econômico Local.

O prefeito Charles Fernandes destacou ainda que “a nossa participação em um evento tão importante reforça e valoriza o trabalho que estamos conduzindo com foco no desenvolvimento local e essa aprovação a nível mundial engrandece não somente ao prefeito e sua equipe, mas a toda cidade de Guanambi”.

O evento contou com a participação de políticos e técnicos de todos os continentes do Mundo e pode deixar em evidência que a Gestão Pública Municipal em todo o mundo encontra-se em constante mudança e profissionalização.